Turismo de aventura: Acompanhamos uma palestra sobre o mercado na Adventure Fair 2018

Nos dias 19-21 de outubro nós acompanhamos de perto o evento Adventure Sports Fair 2018 que aconteceu no São Paulo Expo, em SP. Ele conta com diversos expositores do ramo de turismo de aventura e palestrantes. O público é diverso, desde agências buscando pelas novidades do mercado e aprendizagem até o consumidor final dos destinos turísticos em busca de aventura.

 

A feira é famosa por proporcionar experiências diferentes e próximas daquelas que encontramos no turismo de aventura. Andando por lá, esbarrei com tanques de água para mergulho, paredes de escalada, arvorismo, tanques para remo e stand up,  um mini rapel e até arco e flecha. O evento também oferece diversas palestras. Cada dia contou com mais de 40 palestras por dia mediadas por convidados do ramo.

 

Na sexta-feira, às 15h15, Jota Marincek da Venturas falou um pouco sobre a evolução no mercado na palestra “Turismo de natureza: mercado em mutação”. Ele apresentou a evolução do cenário nos anos de 80 e 90, quando o turismo de aventura começou a tomar forma no Brasil, com os dias atuais, onde a internet tornou tudo mais rápido.

 

Imagem: Palestra “Turismo de natureza: mercado em mutação”.

 

Segundo Jota, muitos players do turismo tem receio de disponibilizarem suas informações, como horários, preços e dicas sobre o destino. Mas proteger as informações ficou no passado. Com o avanço da internet, quem não dispõe informações suficientes online, corre o risco de perder a confiança do cliente. Por sua vez, o turista está acostumado com a facilidade no acesso à informações, então se ele não acha isso com você, ele irá procurar seu concorrente.

 

Com todas essas informações, a nova geração de viajantes depende menos de agências emissivas. Eles vão direto aos receptivo dos destinos e reservam passagens aéreas e hotéis a parte, por meio de agências de turismo online (OTA) como o Booking ou a Decolar.com.

Nesse cenário, o consumidor é mais exigente. Como Jota disse: “Se você não tiver uma resposta ágil, você é desnecessário”, referindo-se ao atendimento das agências.

 

Ele contou como a Venturas se insere nessa nova realidade. Além de apostar no Marketing Digital, eles também disponibilizam conteúdo por todas as plataformas. Dentre os investimento em redes sociais estão os vídeos para YouTube, posts patrocinados e impulsionados no Facebook e geração de conteúdo para o blog.

Essa estratégia torna a empresa, não apenas uma vendedora de pacotes, mas uma geradora de conteúdo de valor. Posicionando-a como referência no assunto.

Saiba como EZ Travel pode ajudar a sua empresa

Coloque seus passeios e serviços à venda no seu site em menos de dois dias e sem custo de desenvolvimento com EZ Travel

Receba nossas novidades

* campos obrigatórios