Entidade prevê retorno de 100 milhões de empregos no turismo

O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC, na sigla em inglês) prevê que aproximadamente 100 milhões empregos no turismo serão recuperados turismo durante o ano de 2021. A entidade montou diversos cenários que apontam essa recuperação, mesmo com o Brasil e o mundo ainda lutando contra a segunda onda da pandemia do COVID-19.

Ainda em 2020, durante o primeiro pico da pandemia do coronavirus, o WTTC alertou que 174 milhões dos empregos no turismo mundial estavam em perigo. Porém, de acordo com a sua análise mais recente, o cenário é mais otimismo com mais de 100 milhões de trabalhos sendo recuperados. Mesmo assim, isso ainda daria 17% abaixo de números do ano de 2019, o equivalente a 54 milhões de trabalhos a menos.

“Verão forte”… na Europa

O WTTC espera um “verão forte” no turismo europeu, significativo das reservas futuras. A projeção de cenário mais otimista prevê a retomada das viagens já no fim de março. Leva em conta a vacinação e uma maior abrangência dos testes, juntamente com uma coordenação conjunta dos setores público e privados.

Os resultados mais conservadores dessa previsão veem um retorno de aproximadamente 84 milhões dos empregos. Entretanto, isso acabaria sendo 25% abaixo de todos os níveis do ano de 2019, com mais ou menos 82 milhões de trabalhos a menos. Este cenário pessimista prevê a recuperação das viagens para o exterior somente no segundo semestre deste ano, com a campanha de vacinação não sendo tão eficiente.

“Estamos muito ansiosos para se ter um verão bem forte nas viagens e isso se deve graças a certa combinação do uso da máscara, do lançamento das vacinações globais e dos testes antes do embarque, reabrindo as portas para essas viagens para o exterior normalmente”, declarou a -residente e CEO do WTTC, Gloria Guevara, em comunicado para a imprensa. “Nossa última análise confirma isso e revela que definitivamente existe uma esperança nesse horizonte para o ramo global das viagens e do turismo no geral nesse ano de 2021, com uma possível recuperação de mais de 100 milhões de empregos.” completou.

Contribuição para o PIB Mundial

A recente pesquisa revelou ainda que, na melhor das hipóteses, as contribuições das viagens e do turismo para todo o PIB mundial diminuirá aproximadamente 17% se compararmos aos números do ano de 2019, para US$ 7,4 trilhões. Em um resultado mais ponderado, com recuperação sendo mais lenta, contribuição do setor irá cair mais de 27%, para US$ 6,5 trilhões.

O WTTC  acredita que todas essas recentes previsões demarcam os desafios mais significativos a serem enfrentados por todos os setores, inclusive pelo turismo mundial, considerando é claro o impacto das campanhas de vacinação. “Todo o resultado projetado virá como um enorme alívio e também como um início de uma recuperação que é muito aguardada para este setor que sofreu todo o impacto das restrições das viagens”, declarou a presidente da entidade.

Empregos no turismo

O WTTC previu a retomada do setor através do meio do seu Plano de restauração dos 100 Milhões de trabalhos, apresentado em uma histórica reunião dos Ministros de Turismo do G20 no mês de outubro de 2020 e que acabou contando com a presença, pela primeira vez, dos 45 CEOs integrantes do WTTC. “Agora cremos que um retorno do ramo se tornará bem real, em certa parte graças ao compromisso e a determinação do WTTC em preservar e apoiar todo o setor, durante algumas das semanas mais sombrias da pandemia”, fechou Gloria.

Clique aqui para mais artigos do mercado de turismo

Saiba como EZ Travel pode ajudar a sua empresa

Coloque seus serviços à venda no seu site em menos de dois dias e gerencie todas as suas reservas em um só lugar

Copyright 2020 © All Rights Reserved